segunda-feira, 9 de março de 2009

Amar(anto)...

Eu imagino que um dia você possa ler isso.Não são palavras, são linhas cheias de imensidão e desapego.Também não são amarguras ou tristezas, até porque o tempo foi certo.(nem mais nem menos, ou talvez muito menos?);Não deixo aqui saudade, porque não vivemos o que poderíamos viver.Só não lamento, não escondo, não entrego (mais...);

O mais importante é acreditar que o brilho nos olhos foi a parte mais bonita.O diálogo, a confiança, as risadas sem graça...O que preciso não é me apoiar em vc, mas deixar vc bem longe de mim.Não te odeio, não desejo o teu mal, ao contrário, quero a mais linda das felicidades para você: a sincera.Eu segui muito os teus passos, tentava sempre estar ao teu lado, buscar a melhor coisa para te agradar, não me arrependo, nao me condeno, mas agora eu vou buscar as coisas que me façam feliz.

Desejo que busque o melhor para você.Aonde for.Com quem for.

Adeus de você dentro de mim.


Mariana Nunes

© Todos os Direitos Reservados



Um comentário:

  1. Muito interessante o blog, conteúdo atrativo e layout bacana.

    Parabéns!

    ResponderExcluir